Oi tudo bem?
Este é um tema que eu já queria falar à muito tempo por ter ouvido inúmeras vezes como é difícil entender a diferença entre o Kruger Parque e Reservas Privadas dentro do Kruger ( eu sei que parece complicado mas vamos dar um jeito de ficar fácil entender)
Então, o Kruger Parque foi fundado pelo presidente do Transvaal, Paul Kruger em 1898 porque ele viu que os animais da região leste da Africa do Sul estavam a desaparecer devido à caça furtiva.
Na altura o parque era chamado de “Sabie Game Reserve” e o primeiro “ranger” foi o escocês James Stevenson-Hamilton.
Ao longo dos anos o parque cresceu bastante devido à necessidade de continuar a preservar a vida selvagem da região e hoje em dia o parque tem cerca de 19,633 km quadrados e é a casa de mais de 753 espécies de animal.

Nkorho Bush Lodge, Sabi Sand Game Reserve, Africa do Sul
Nkorho Bush Lodge, Sabi Sand Game Reserve, Africa do Sul
Leopard Hills Lodge in Sabi Sands Game Reserve, Africa do Sul
Leopard Hills Lodge in Sabi Sands Game Reserve, Africa do Sul

Do lado oeste do parque estão as concessões privadas, que são, sem dúvida o melhor lugar para se se fazer safari longe das multidões e do trânsito. Estas reservas são propriedade de proprietários privados e eles tem acordos entre eles para usarem as reservas deles já que não existe barreira física entre as reservas As cercas que historicamente separaram o parque nacional das concessões foram amplamente removidas, então a vida selvagem vagou livremente entre o parque e a reserva. Os alojamentos dentro das reservas proporcionam suprema privacidade e luxo, e os safaris são lideradas por guias altamente treinados.
As reservas restringem a entrada de veículos civis e só se podendo fazer safari de veiculo aberto e um máximo de 3 veículos podem se aproximar dos animais ao contrário do Kruger onde por vezes é possível encontrar mais de 30 carros em volta de um Leão.
Nas reservas privadas off-roading também é permitido o que significa que seus encontros com a vida selvagem são mais pessoais e excitantes, de um dos big 5 estiver num lugar com vegetação mais densa o seu guia pode sair da estrada para os seus clientes meterem melhor visualizamento do animal.

Imagem ©AndBeyond
Imagem ©AndBeyond

Escolher uma reserva é uma tarefa complicada e, muitas vezes a decisão é tomada mais de acordo com orçamento do que outra coisa.
As 3 maiores reservas são Timbavati e Manyeleti no norte e Sabi Sand, no sul. Cada uma dessas reservas possui o Big 5, assim como o Thornybush, uma reserva relativamente pequena ao lado de Timbavati mais a norte. A reserva de Sabi Sand abrange 163 mil hectares e é famosa por ser a área mais luxuosa para se fazer safari e não é surpresa que aqui se encontrem os Lodges mais caros da Africa do Sul.

Alojamento dentro do Kruger é mais barato á primeira vista mas geralmente quando você faz a sua marcação para ficar num dos inúmeros “rest camps” a única coisa incluída é o alojamento mesmo, depois você tem que pagar ingressos, taxas de conservação, café da manhã, almoço, jantar, bebidas já para não falar que se você quiser fazer safari em veiculo aberto isso também custas extra.

Eu pessoalmente prefiro a reserva da Timbavati e é a que mais recomendo, talvez por ter guiado inúmeros safaris naquela região e ter visitado dezenas de Lodges de 4/5*****.
Nada se compara a estar do lado de um Leão ou Leopardo, longe de estradas & multidões, só você, seu guia e mais 3/4 pessoas assistindo ao National Geographic na primeira pessoa!!!

Safari em Timbavati, Africa do Sul
Safari em Timbavati, Africa do Sul

 



Até a próxima

Alex Freire

Meus Links:

Website
Facebook
Instagram

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.